Bem-Vindos ao site da Comunidade Portuguesa do Candomblé Yorùbá Pessoa Coletiva Religiosa, reconhecida pelo Ministério da Justiça. Templo (Ilé Àse) Central do Candomblé e da Religião (Neo)Tradicional Yorùbá em Portugal (ler mais).
Orixás – Deuses Yorùbás
Òsàlúfón (Oxalufã)

Òsàlúfón (Oxalufã)

Ou Orìsà Olúfón, é o maior de todos os Òrìsà, o Òrìsànlà. Òrìsà da paz e da criação, desloca-se apoiado no seu Òpàsórò, o cajado sagrado encimado por um pássaro. É originário de Ifè e governou em Ìfon onde existem os seis sacerdotes deste Òrìsà, os Ìwèfà méfà – Aájè, Aáwa, Olpuwin, Gbògbò, Aláta e...
Òsògìyán (Oxaguiã)

Òsògìyán (Oxaguiã)

Face jovem de Òòsàálà, filho de Òsòlúfón. Òsògìyán é um jovem guerreiro de Èjìgbó, em Ìjèsà, onde ostenta o título de Eléèjìgbó. Ele teria nascido em Ifé ainda antes do seu pai se tornar rei de Ìfan, e partiu jovem com o seu fiel amigo Àwólèdjé, um bàbálàwó, até Èjìgbó na ânsia de se tornar...
Ṣòngó (Xangô)

Ṣòngó (Xangô)

Deus do fogo e da justiça, senhor da pedreira, Sàngó foi o quarto aláàfìn de Òyó e terá vivido por volta de 1450 a.C., segundo o calendário ocidental e chamar-se-ia na altura Olùfirán. Era filho de Oránmíyàn com Tòròsì e irmão mais novo de Dàdá Bàáyànì Àjakà. Teria sido o mais poderoso de todos os...
Ìbejì

Ìbejì

Ìbejì ou Ìgbejì é o Òrìsà-criança dos Yorùbá e recebe o nome de Hoho entre os Fon. Trata-se de uma divindade dupla, dois gémeos, masculino e feminino. Taiwo para o primeiro gémeo e Kehinde para o segundo. As crianças no território Yorùbá são consideradas a maior riqueza, pois são a certeza da continuidade. Ìbejì é...
Oyá-Yàsán (Iansã)

Oyá-Yàsán (Iansã)

Oyá é a divindade do rio Oyá, o Níger, na Nigéria. O seu nome Yàsán, deriva de “ìyá mésàn òrun”, “mãe dos nove òrun”. Trata-se de uma divindade dos ventos, tempestades, raios e da morte. É ela que encaminha os espíritos na sua passagem e comanda o àsèsè, o ritual fúnebre. Diz-se que aprendeu com...
Obà (Obá)

Obà (Obá)

Òrìsà do rio Obà, trata-se de uma divindade feminina de face guerreira, sendo muitas vezes chamada de amazona. Ela usa escudo, espada e ofà, o arco-e-flecha que usa para caçar. Obàssí é a Ìyálóode da sociedade Elekòó. Obà é o transbordar de tudo, representa os excessos, as situações que ultrapassaram os limites. É também as...
Erínlè (Erinlé)

Erínlè (Erinlé)

Erínlè é uma divindade yorubá cujo culto se localiza junto do rio com o seu nome, um afluente do rio Osùn (Oxum) que atravessa Ìlobùú, uma cidade do sul da Nigéria Ocidental, Ogbomoxo e Oxogbo, centro de comércio de produtos agrícolas como inhame, milho, mandioca, óleo de dendê, abóbora, feijão e quiabo. Caçador, pescador e...

Okó (Ocô)

Okó é o Òrìṣà da caça, veste branco usa uma flauta feita de osso, chibata de couro e cajado de madeira. Okó é a divindade das colheitas do inhame novo e da fertilidade da terra. Na transferência dos escravos para o Brasil, Okó perdeu o seu papel, sendo substituído por Òfún e mais tarde por...
Ològúnede (Logun-Ede)

Ològúnede (Logun-Ede)

Ològúnede ou Lògún-Ede é um Òrìsà do fundamento de Ìjèsà filho de Òsun e Òsóòsì ou Òsun e Érinlè, conforme a tradição e é um dos mais belos Òrìsà da tradição Yorùbá, apesar de ser dos mais jovens. É simultaneamente caçador e pescador, fundindo os àse da mata e das águas, dos seus pais, representando...
Òṣun (Oxum)

Òṣun (Oxum)

Oxum é um dos Orixás mais populares do Candomblé. Aliás, toda a gente conhece a canção “nessa cidade todo o mundo é de Oxum…”. Oxum é a divindade dos rios, das águas claras e cristalinas, das cachoeiras, do amor e da fertilidade. Oxum é dotada de uma enorme beleza física, de uma sensualidade e de...
Yèmọnjá (Iemanjá)

Yèmọnjá (Iemanjá)

Iemanjá (Yèmọnjá) é o Orixá mais popular do panteão afro-brasileiro. O seu nome deriva da expressão “Yèyé ọmọn ẹjá”, “mãe cujos filhos são peixes”. Iemanjá é uma divindade da nação Ẹgbá, uma nação iorubá (Yorùbá) localizada entre Ifé e Ibadan, onde fica o rio Yèmọnjá, o que significa que Iemanjá originalmente não era uma divindade...
Yèwá (Ewá)

Yèwá (Ewá)

Yèwá é a divindade com o rio e lagoa do mesmo nome, em Egbado, em Ogun State. O seu nome significa “beleza e graça” é uma divindade de uma beleza única, sendo ora irmã ora esposa de Òsùmàrè, dependendo da tradição. Representa a virgindade, o inexplorado. É fortemente provável que Yèwá fosse uma divindade de...
Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.